terça-feira, 27 de setembro de 2016

Mudanças - Resenha

Em Mudanças você vai conhecer Verônica, uma menina de 15 anos que definitivamente namorou o cara errado por um tempo. Por que ele era o cara errado? Simples. No inicio da história percebemos o babaca que Jonatas, o cara errado/ ex-namorado, é quando ele se encontra em uma praça discutindo com a jovem sobre o término do namoro. Jonatas era o bonitão da escola, ele traia Verônica e falava coisas horríveis para ela. E agora, que ela finalmente caíra na real e pedia para terminar, o jovem não aceitava e até tentou agredir-la. A sorte de Verônica era que um salvador apareceu para livra-la da surra que iria levar.


Desolada com a descoberta da traição e o trágico termino, Verônica começa a criar o hábito de caminhar. Seus passos sempre a levam para o parque que fica próximo de casa, o mesmo onde ela quase apanhou e viveu o que achava ser o pior de seus dias. Lá no parque, ela fica sentada na companhia de seu salvador, o garoto que para ela era até então misterioso. Durante esses encontros e conversas eles começam a se conhecer melhor e até iniciam um namoro as escondidas o que cria certa tensão em casa. A mãe dizia que a jovem não ajudava mais em casa e que estava aprontando, de namorico com algum moleque.


Verônica queria contar a verdade aos pais, mas a tensão cada vez mais crescente criara um atrito e uma briga fazendo com que Verônica saia correndo de casa em meio a uma tempestade. Ela desmaia no parque de fraqueza e é carregada por alguém. Contudo, não é Carlos, ser herói que esta ali para salva-la. Quem estava ali era na verdade uma pessoa que só queria fazer mal a ela.


Durante toda a narrativa Verônica mostra seu gênio difícil. Ela precisa amadurecer e crescer como pessoa mas a jornada para sair do casulo e se tornar uma linda borboleta é longa e dolorosa. Essa jornada, compartilhada por meio das palavras da autora L. L. Alves faz com que todos se lembrem de sua adolescência e ensina àqueles que ainda estão caminhando e passando por ela que nem tudo é tão ruim quanto parece, que temos nosso pais, nossos melhores amigos, ao nosso lado e que por mais que não pareça, eles nos querem bem.

Um comentário:

  1. Poli, sua linda!! Obrigada por ler Mudanças e dar sua opinião!! ♥ Obrigada por todo o carinho e apoio nessa trajetória! Você é uma linda! Beijão

    ResponderExcluir