sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Corações de Neve (Trilogia Dragões de Éter) - Resenha

Corações de Neve é o segundo volume da trilogia Dragões de Éter do glorioso e todo poderoso Raphael Draccon, que trás uma mistura de emoção, mistério e devoção por uma pátria que aprendemos a adotar como nossa no primeiro volume da trilogia.

No começo da história, vemos chegar a Arzalum uma espécie de máquina voadora (na minha cabeça se parece com um navio voador). Essa máquina traz consigo gnomos, a chamada magia vermelha e o inicio de uma nova era para toda Nova Ether. Coisas miraculosas começam a acontecer, impressionar e deixar todos os que estão presente no grande paço nervosos.

Ao mesmo tempo em que isso acontece, dá-se inicio ao tão esperado torneio Punho de Ferro onde Axel, o primeiro príncipe de Arzalum irá competir em prol de se tornar o maior pugilista de toda Nova Ether. Neste ponto do livro, devo dizer que Raphael Draccon escreveu maravilhosamente bem e que, como um grande ilusionista, ele te prende e faz com que o leitor torça, se sinta agoniado, vibre e comemore como se o vencedor do torneio fosse realmente mudar nossas vidas. É simplesmente fantástico!

É só isso que acontece? Não! Calma!

Você com certeza se lembra dos nossos queridos Ariane Narin e João e Maria Hanson (caso não se lembre, é só clicar AQUI e reler a resenha do primeiro livro da trilogia: Caçadores de Bruxas), entre eles muitas coisas irão ocorrer. Maria irá ficar um tanto quanto agoniada pelo seu namorado e primeiro príncipe de Arzalum: Axel Terra Branford, João irá descobrir algo (não irei dar spoiler) que seu pai fez e que ira mudar a vida de toda a família Hanson, e Ariane e João irão começar a namorar! <3

Infelizmente não tem como dar mais detalhes sem dar spoiler. De qualquer forma, eu espero que leiam e se encantem com o desenrolar dos acontecimentos de Nova Ether.

Nenhum comentário:

Postar um comentário