quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

Sinderella Sexy - Resenha


Quando baixei Sinderella Sexy (estava gratuito na Amazon), eu já esterava que fosse um conto erótico baseado na famosa Cinderela ou Gata Borralheira. Contudo, acabei me surpreendendo.

Neste pequeno conto, a autora canadense Jan Springer nos apresenta a doutora Ella Cinder. Ela trabalha em uma clínica (deixada pelo pai de Ella) com sua madrasta, suas duas meias irmãs e com o desejado doutor Roarke Stephenson.

Nessa clinica Ella busca fazer (muitas vezes com o apoio de Roarke ou até mesmo escondido) boas ações, tratando aqueles que não tem condições de pagar pelos serviços da clínica particular que a madrasta dirige.

Até aí tudo bem! O trem começa a desandar quando o leitor descobre que Ella faz, o que a autora chama de performance erótica sobre a história de A Gata Borralheira, na casa de homens que contratam seus serviços e doa o dinheiro para instituições de caridade.

Uma noite, contratado por um homem de alta posição social, Ella se vê apuros por vários motivos: 

1. Roarke está na platéia.
2. O ator que interpreta o príncipe em sua apresentação não foi.
3. Não posso falar para não dar spoiler, mas tem um terceiro ponto.

O fato é que Ella precisa de um príncipe para continuar a contar, de maneira "sensual", a história de Cinderela. Então, ela decide fazer como sempre faz: escolher alguém da platéia. Ou seja, escolher Roarke (bem previsível).

Contudo, no meio desse enredo e problemas, que na minha humilde opinião não foram bem construídos, o problema central de Cinderela (que deveria ser também o tema central da releitura) ficou de lado enquanto a autora escreveu milhares de cenas de sexo entre Ella e Roarke.

Pelo amor de Deus, me entendam! Eu gosto de livros e histórias hot. Contudo, não acredito que o sexo deva substituir a problematização que a história original traz, visto que é uma releitura.

Na biografia da autora, vi que ela é membro da União de Escritos do Canadá e Escritores de Romance da América. Fiquei abismada com o fato de uma pessoa que é membro desses grupos errar tão feio ao esquecer-se da problematização central da história por causa do sexo.

Desta forma, devo dizer que (eu sei que vocês já perceberam isso) eu não gostei do conto.

Contudo, se estiver curioso ou se gosta de coisas do gênero, você pode adquirir o e-book na Amazon.

Nenhum comentário:

Postar um comentário