sábado, 14 de janeiro de 2017

Depois de Você - Resenha

Depois de Você é sequência do livro Como Eu Era Antes de Você e... Eu não gostei.

O livro não é de todo ruim. Ele tem a mesma pegada de romance e drama que o primeiro livro, tornando a duologia algo constante e único. Contudo, na minha opinião, a autora deveria ter parado no primeiro livro e deixado os leitores com aquela sensação de que a Louisa seguiu tranquilamente com a sua vida (não que ela não tenha seguido).

Para que você entenda melhor, imagine que um ex-namorado (o qual você amava muito) terminou com você. Tempos depois você o vê com outra pessoa. Você ainda o ama muito e quer que ele seja feliz. Contudo, isso não significa que você quer ver essa felicidade. Entendem?

Foi assim que me senti a respeito da Louisa. Eu queria que ela fosse feliz depois do primeiro livro e eu sabia que ela seria. Mas eu não queria ver. Até porque, na minha opinião, nada seria tão bonito quanto aquilo que ela e Will construíram juntos. E sinceramente, não foi mesmo.

Jojo Moyes começa o livro apresentando uma nova personagem ao leitor: Lily, filha de Will. Uma filha que ele nem mesmo sabia que existia. Uma garota tão louca (no bom sentido), aventureira e de forte personalidade quanto o pai.

Lily aparece para Louisa em dois momentos. No primeiro, Louisa se assusta e acaba por cair do telhado do apartamento onde mora em Londres. Ela estava em uma situação decadente, trabalhando como garçonete em um bar de aeroporto e é claro, pensando no Will.

Depois de se recuperar do acidente, Lily se apresenta de maneira aceitável (sem derrubar ninguém do telhado por acidente) e Louisa entra em um grupo de apoio para pessoas que perderam uma pessoa especial (algo no estilo de alcoólatras anônimos). O grupo é bem depressivo contudo, em alguns momentos é bem legal e te faz pensar sobre algumas coisas da vida.

Louisa vai passar este livro basicamente tentando esquecer Will (enquanto ajuda a filha louca dele) e tentando resolver as coisas com o novo homem da sua vida: um paramédico (que inclusive salvou ela quando o acidente do telhado aconteceu) que é tio de um dos membros do grupo de apoio (meio confuso né?).

Enfim, espero que curtam o livro. Ele não é ruim, só foi desnecessário (minha humilde opinião!).  ;)

Nenhum comentário:

Postar um comentário